Dra Juliana Korth


<

Deficiência de vitamina D

11/01/2011 17:16:27

Segundo estudos recentemente publicado nos Estados Unidos cerca de 10% da população de paíse desenvolvidos ou em desenvolvimento possui deficiência de Vitamina D. Esta deficiência eleva em cerca de quatro vezes as chances de quedas, fraturas ósseas, sintomas depressivos, câncer de cólon e problemas cognitivos (de memória e da capacidade de raciocínio).

A Vitamina D protege o fluxo sanguíneo e limpa o organismo de toxinas (incluindo as proteínas amilóides associadas à doença de Alzheimer), promovendo um melhor funcionamento do organismo como um todo. A grande maioria das pessoas deficientes em Vitamina D apenas irão apresentar sintomas na idade adulta, sobretudo na terceira idade ( a partir dos 65 anos).

Um exame simples de sangue ( 25OH Vit. D3) detecta os níveis de Vitamina D e deve ser solicitado por um médico experiente sobretudo na presença de sinais e sintomas de carência de Vitamina D.
 
Sinais e Sintomas de Deficiência de vitamina D
As queixas mais comuns são dores ósseas (latejamento/desconforto) na coluna lombar, quadril e pernas e dor e fraqueza na musculatura dos braços. Existe também um risco  aumentado de quedas e osteoporose. Muitos pacientes também se queixam de fraqueza e desânimo.

Fatores de Risco Associados à Deficiência de Vitamina D
- Idade superior a 65 anos
- Pele negra
- Insuficiente exposição à luz solar
- Medicamentos ( anticonvulsivantes e corticóides)
- A obesidade (índice de massa corporal superior a 30 kg por m2)
- Falta de atividade física

Benefícios da Suplementação de Vitamina D
Ao certificar-se de que está ingerindo quantidades diárias recomendadas à sua faixa etária, você está prevenindo problemas futuros de quedas, osteoporose, fraturas e doenças cardiovasculares (infarto, trombose e derrame cerebral).

Outros benefícios são a melhora da capacidade física (aumento da disposição e do ânimo) e uma menor chance apresentar problemas cognitivos (demência senil e Mal de Alzheimer) na terceira idade, a prevenção do câncer de cólon e de sintomas depressivos.

Alimentos Ricos em Vitamina D
Óleo de peixe ..............................  400UI por colher de chá.
Gema de ovo...............................   20 UI por unidade
Salmão fresco...............................  100 a 250 UI por 100 gramas.
Sardinha e atum.............................  200-300 UI por 100 gramas
Leite de soja.....................................200 UI (1 copo )

Prevenção e Tratamento
Para prevenir a deficiência de vitamina D em pessoas com exposição solar inadequada, recomenda-se uma dieta rica em vitamina D que varia conforme a faixa etária.
Bebês- 400UI
Crianças e Adolescentes 400UI
Adultos com menos de 51 anos 400UI
Maiores de 51 anos 600UI

O tratamento da deficiência consiste em suplementação oral por cerca de 8 semanas.

Escrito pela Dra. Juliana Korth

Últimos artigos

American Academy of Family Physicians American College of Preventive Medicine Associação Internacional de Medicina Estética Educational Commission for Foreign Medical Graduates Sociedade Brasileira de Clínica Médica Sociedade Brasileira de Medicina Estética


Todos os direitos reservados para Juliana Korth